Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > nutrição > Refluxo Gastroesofágico: Alimentos e Cuidados Para Amenizar os Sintomas
Início do conteúdo da página

Refluxo Gastroesofágico: Alimentos e Cuidados Para Amenizar os Sintomas

Acessos: 397582

A doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) é uma das mais importantes afecções digestivas tendo em vista a elevada e crescente  incidência, a intensidade dos sintomas e a gravidade das complicações. A causa mais comum é a incapacidade do esfíncter esofagiano (válvula muscular que separa o estomago do esôfago) em impedir a volta do conteúdo gástrico, provocando a regurgitação. O conteúdo gástrico é variável, podendo constituir-se de saliva, alimentos ingeridos, líquidos de secreção gástrica e secreções pancreáticas ou biliares. Os fatores predisponentes são a presença de hérnia do hiato, obesidade, tabagismo, hábitos alimentares inadequados entre outros. O sintoma mais prevalente é a azia (queimação retroesternal – na região do peito que pode subir até a garganta) e outros sintomas presentes são: dificuldade para engolir, náusea, problemas respiratórios ( asma, pneumonia), pigarro, tosse, rouquidão, sinusite, dor torácica não cardíaca (DTNC). Os sintomas podem ocorrer, principalmente, com a ingestão de certos alimentos (cítricos, condimentados, gordurosos, café), fumo e álcool. O habito de deitar após as refeições ou comer em excesso também podem desencadear ou piorar os sintomas.  É bem estabelecido na literatura que o comportamento alimentar pode exercer um papel importante para amenizar os sintomas do refluxo.

 

Alimentos que devem ser evitados:

 

Gordura: frituras, carnes vermelhas, salsicha, lingüiça e bacon, pois o excesso de gordura faz com que a comida fique mais tempo no estômago, aumentando a chance de refluxo;

Cafeína: café, chás e chocolate, pois estimulam a produção de suco gástrico, favorecendo o refluxo;

Bebidas alcoólicas: irritam a mucosa gástrica e aumentam o refluxo;

Bebidas gaseificadas: refrigerantes e água com gás, pois aumentam a pressão dentro do estômago;

Pimenta: irrita a mucosa gástrica e aumenta a acidez;

Carboidratos simples: farinha, macarrão e pão, pois diminuem a força do esfíncter que fecha a passagem entre o estômago e o esôfago.

 

Cuidados com a alimentação:

 

Comer em menores quantidades a cada 2 ou 3 horas;

Aumentar o consumo de frutas e legumes;

Aumentar o consumo de alimentos integrais, ricos em fibras;

Preferir carnes magras, peixes e leite e derivados desnatados;

Evitar beber líquidos durante as refeições;

Evitar comer de 2 a 3 horas antes de se deitar;

Evitar deitar ou fazer exercícios logo após as refeições;

Beber chá de camomila, pois ele atua acalmando o intestino e o estômago.

RECEITA DE ESCONDIDINHO DE VEGETAIS


INGREDIENTES

Massa
3 ovos
1 cebola média
1 pote de iogurte de soja
3 colheres de aveia em flocos ou amaranto
200 g de tofu
Sal marinho 
Recheio
1 abobrinha grande fatiada em  rodelas finas (guarde algumas para enfeitar)
2 tomates em cubos sem sementes e com pele
2 talos de palmito fatiados
1 alho-poró fatiado
2 dentes de alho
1,5 colher de sopa de azeite para untar a frigideira

 

MODO DE PREPARO

Bata os ingredientes da massa e reserve.
Refogue em uma panela antiaderente o alho, o alho-poró e o tomate. Quando os tomates começarem a desmanchar, junte a abobrinha fatiada em rodelas e o palmito. Quando a abobrinha ficar al dente, desligue.
Unte um refratário de vidro com azeite e coloque o recheio. Cubra com a massa crua. Leve ao forno pré-aquecido 180º C de 20 a 25 minutos. Essa receita não usa queijo para gratinar.

Safra do mês: Dezembro

Frutas: abacaxi, ameixa, banana-prata, cereja, coco verde, damasco, figo, framboesa, graviola, kiwi, laranja-pera, limão, lichia, maçã, manga, maracujá, melancia, melão, nectarina, pêssego, romã e uva;

Verduras: almeirão, cebolinha, endívias, erva-doce, folha de uva, hortelã, orégano, rúcula, salsa e salsão;

Legumes: abobrinha, beterraba, cenoura, cogumelo, pimentão, tomate e vagem macarrão.

PREFIRA OS ALIMENTOS DA SAFRA MENOS ÁCIDOS.

Elaboração: 1º Ten Danielle Martins

Equipe de Nutrição e Dietética do Hospital Central do Exército

 

Fontes :

Dent J, Brun J, Frendrick AM et al. An evidence based appraisal of reflux disease management. The Genval Workshop Report. Gut 1999; 44(Suppl):S1-S16.

 Hillemeier AC. Gastroesophageal refl ux. Diagnostic and therapeutic approaches. Pediatr Clin North Am. 1996; 43:197-212.

 Vandenplas Y, Belly D, Benhamou P, Cadranel S, Cezard JP, Cucchiara S, Dupont C, Faure C, Gottrand F, Hassal E, Heymans HAS, Kneepkens CMF, Sandhu BK. Currents concept and issues in the management of regurgitation of infant: a reappraisal. Management guidelines from a working party. Acta Paediatr. 1996 85:531-4.

 

 

                                

Fim do conteúdo da página